Arte e Cultura

Silvershow encerra programação em comemoração aos 10 anos do Teatro Sesc Patativa do Assaré

Por Márcio Silvestre • 20 de dezembro de 2018

Marcando o encerramento das comemorações de 10 anos do Teatro Sesc Patativa do Assaré, o projeto Arte em Cena traz à Juazeiro do Norte, nesta quinta-feira (20), o Silvershow, com o artista cearense que foi uma das revelações do cenário artístico nacional em 2017, Silvero Pereira. O show iniciará às 20h, com entrada solidária de 2 itens de higiene pessoal e 2 itens de limpeza por pessoa, que deverão ser encaminhados para instituições sociais atendidas pelo programa Mesa Brasil Sesc.

A apresentação que surgiu após o quadro “Show dos Famosos” do programa Domingão do Faustão, da Globo, é reproduzido ao lado da banda orquestrada por Caio Castelo, juntamente com bailarinos coreografados por Nádia Fabrici. Tão inovador quanto o Silvershow é o espaço em que vai ser apresentado. O Patativa do Assaré é um dos 10 projetos assinados pelo arquiteto Robson Jorge Gonçalves da Silva, sendo um dos poucos teatros multiconfiguracionais do Brasil. Ele favorece as áreas de ensino e aprendizagem e vai em oposição a proposta do formato italiano, pois o experimental não tem grande aparato de cenografia.

Divulgação

A arte de Silvero

Nos últimos anos, através do seu Coletivo Artístico As Travestidas, Silvero Pereira produziu diversos shows musicais, tais como “Yes, Nós Temos Banana (2010*)”, “Três Travestis” (2016), Androginismo “(2016), Levianas (2017) e “Bloco das Travestidas” para citar alguns. Em 2018, Silvero fez parte do elenco do “Show dos Famosos” no Domingão do Faustão, no programa ele interpretou com maestria grandes nomes da música mundial como Pablo Vitttar, Freddie Mercury, Gal Costa, Wesley Safadão, Steve Tyler, Cher, Piaf entre outros.

O Silvershow surge como a possibilidade de reproduzir os números apresentados no programa, ao vivo em um grande show, Silvero homenageia novamente todos esses artistas e outros nomes da música ligados à história do intérprete. O repertório conta ainda com canções e interpretações do conterrâneo Belchior, da rainha Carmem Miranda, e do icônico Jair Rodrigues construindo um repertório completo das atuações de Silvero no programa e também na novela “A Força do Querer”.

O Teatro Sesc Patativa do Assaré

Inaugurado em 2008, o Teatro Sesc Patativa do Assaré tem capacidade para 350 pessoas e apresenta estrutura móvel que permite a adaptação do palco para cinco formatos (italiano, elisabetano, semi-arena, arena e passarela). O teatro multiconfiguracional é por essência experimental; portanto, seu projeto é autoexplicativo. A platéia muda e existe equipamento disponível para isso. A alteração pode ser feita em até duas horas, sendo um teatro mais despojado e econômico.

A experimentação teatral não se encerra no projeto arquitetônico, depende também da vontade dos artistas, cenotécnicos e administradores. O formato multiconfiguracional, pela flexibilidade proposta, favorece teatros pequenos. O equipamento abrange variadas configurações, tais como palco italiano, arena, semi-arena, café-concerto e passarela e o tipo de teatro multiconfiguracional reforça a ideia de que esse projeto de arquitetura cênica favorece funções e atividades de pesquisa, ensino e aprendizagem, uma vez que suas características são voltadas à experimentação.

 

CATEGORIA:

Márcio Silvestre

Formado pela Universidade Federal do Cariri (UFCA), com experiência em Assessoria de Imprensa e Produção Cultural. "A comunicação e a arte se cruzam no meu caminho. Descobri no jornalismo a oportunidade de contar histórias e compartilhar conhecimento".