Arte e Cultura

Setur e Sebrae traçam planejamento estratégico para retomada do turismo pós-pandemia

Por Márcio Silvestre • 8 de junho de 2020

Dentre os setores que mais sofrem com a crise econômica provocada pela pandemia de Covid-19 está o turismo em todas as suas escalas. De acordo com o Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC), o setor é responsável por 330 milhões de empregos, um em cada 10 empregos no mundo. Sem previsão de controle da disseminação do vírus, especialistas e gestores analisam estratégias de retomada do turismo regional após a pandemia do coronavírus.

Mesmo sem previsão de retorno das atividades turísticas, a Secretaria de Turismo e Romaria (SETUR) de Juazeiro do Norte se reuniu, virtualmente, com representantes do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) para traçar estratégias de retomada do turismo regional após a pandemia do coronavírus. As estratégias incluem criação de protocolos de segurança sanitária e de boas práticas de atendimento para cada setor do segmento.

O Secretário da pasta, Júnior Feitosa, apresentou ideia inicial de que o selo de segurança seja eficaz na prevenção ao coronavírus, bem como medidas de formalização das hospedagens em ranchos, que fazem parte da cultura de romarias em Juazeiro do Norte, para que esses estabelecimentos atuem de forma mais estruturada.

As medidas que serão adotadas estão de acordo com a Organização Mundial de Saúde. “Ainda que não tenhamos uma data certa de retorno, precisamos estar preparados para orientar e trabalhar na segurança dos romeiros que aqui chegam e das pessoas que residem em Juazeiro do Norte. O comportamento dos segmentos do turismo precisa mudar nesse sentido”, afirmou Júnior Feitosa.

Para que essas medidas sejam colocadas em prática com a eficácia necessária, o SEBRAE irá promover formações para todo o setor, em suas várias vertentes, além de oferecer consultoria. O planejamento estratégico está na fase inicial e outras reuniões no decorrer da pandemia acontecerão para definir o projeto.

CATEGORIA:

Márcio Silvestre

Márcio Silvestre

Formado pela Universidade Federal do Cariri (UFCA), com experiência em Assessoria de Imprensa e Produção Cultural. "A comunicação e a arte se cruzam no meu caminho. Descobri no jornalismo a oportunidade de contar histórias e compartilhar conhecimento".