Cariri Sustentável

Produção orgânica: fonte de saúde e preservação do meio ambiente

Por Marcio Silvestre • 18 de junho de 2020

Fortalecer o sistema imunológico com alimentação saudável é uma alternativa necessária para evitar comorbidades que potencializam sintomas de doenças como a Covid-19. Nossa coluna de Sustentabilidade de hoje é sobre agricultura orgânica, prática de produção que trabalha em equilíbrio e respeito com a natureza, sem utilizar produtos químicos sintéticos, como: pesticidas, agrotóxicos, fertilizantes e organismos geneticamente modificados.

A alimentação saudável, associada ao consumo de produtos orgânicos, proporciona mais saúde para o organismo. “Como falar em vida saudável e não falar em alimentação orgânica?”, questiona o nutricionista Átila Sobral, destacando a importância da alimentação saudável para qualidade de vida e longevidade. “Uma das ferramentas para obtermos longevidade é através de bons hábitos alimentares e exercícios físicos”, afirma.

Átila Sobral é nutricionista, e atende no Complexo Sport Nutrition – Office Cariri, em Juazeiro do Norte.

“Quando falo em nutrição e longevidade, preciso partir da premissa que para se ter longevidade é necessário saber escolher o que ofertar ao meu corpo. Os produtos orgânicos são peças fundamentais, por serem fontes de macro e micronutriens, ajudando na construção de um sistema imune eficaz e bom desenvolvimento de toda saúde. Alimentos Livres de agrotóxicos e fertilizantes industriais são peça chave para essa busca. Os alimentos orgânicos são cultivados com técnicas alternativas que protegem o meio ambiente e nossa saúde, tanto de quem planta, como de quem consome”, explica o nutricionista.

Produção orgânica

Os princípios da agricultura orgânica estão embasados na exclusão de produtos reguladores de crescimento, este tipo de produção agrícola tem como base a utilização de adubos e produtos considerados sustentáveis, pois não agridem o meio ambiente. Vale ressaltar, que a prática orgânica não faz uso de resíduos químicos em nenhuma etapa, desde a produção até a sua comercialização.

A preocupação com a saúde do solo é fundamental na produção orgânica. O produtor realiza estudos para que a prática agrícola seja feita em áreas de maior rendimento e menor desgaste de solo. Produzir orgânico não é só está livre de agrotóxico é ter responsabilidade ambiental e social, utilizando técnicas de adubação natural, ter controle de qualidade de água e ter a preocupação social inserindo os trabalhadores rurais nesta cadeia de produção.

Benverde: empresa caririense certificada com selo de Produto Orgânico

Os certificados do IBD, atestam o compromisso dos produtores com a Terra e o com o Homem, assegurando o respeito ao meio ambiente, boas condições de trabalho e produtos altamente confiáveis. Na região do Cariri cearense, o Sítio Benverde é a primeira empresa de produção vegetal primária certificada com o selo de Produto Orgânico Brasil, cultivando mais de 15 culturas entre hortaliças, frutas, leguminosa e raízes. A empresa adotou um modelo de cultivo baseado no sistema agroflorestal, que trabalha o consórcio de diferentes culturas, respeitando os ciclos da natureza e promovendo o mútuo benefício entre as espécies.

Sítio Benverde localizado no município de Jati Ceará.

“No sistema sintrópico podemos, mais uma vez, constatar a perfeição da natureza. Quando falo isso é porque se alcança os melhores resultados o campo sem o uso de venenos. Precisamos trabalhar a favor da natureza e é esse o grande aprendizado do sistema orgânico. A consciência em ser um produtor orgânico está diretamente ligada a preocupação com o meio ambiente, com a saúde e o bem estar”, destaca Renato Fernandes um dos empresários a frente do projeto.

 

Marcio Silvestre

Marcio Silvestre

Formado pela Universidade Federal do Cariri (UFCA), com experiência em Assessoria de Imprensa e Produção Cultural. "A comunicação e a arte se cruzam no meu caminho. Descobri no jornalismo a oportunidade de contar histórias e compartilhar conhecimento".