Arte e Cultura

Picolé São Geraldo será lançado nesta quinta-feira (23), no Cariri

Por Márcio Silvestre • 23 de janeiro de 2020

Pardal Sorvetes inicia distribuição do Picolé de São Geraldo a partir desta quinta-feira (23) no Cariri

Sucesso desde o anúncio, o picolé de São Geraldo da Pardal Sorvetes chega ao Cariri nesta quinta-feira (23). A inovação deixou todo mundo com água na boca desde seu lançamento em Fortaleza e região metropolitana, no dia 15 de janeiro. O produto traz o inédito sabor de refrigerante de caju a partir de uma parceria de dois amores nordestinos: a marca Pardal Sorvetes com uma das bebidas mais queridas do público. O ponto inicial de venda será no Restaurante Coisas do Sertão, em Juazeiro do Norte, a partir de 12h.

A relação entre as duas marcas começou em março de 2019, quando a Pardal procurou a São Geraldo para lançar um co-branding regional. Desde então, foram feitos vários testes a partir do xarope original utilizado no refrigerante até se chegar ao sabor inconfundível e refrescante da bebida no picolé.

“Após a ideia e o primeiro contato, começamos a brincar com os testes utilizando o bem mais precioso da São Geraldo (o xarope). O grande desafio foi deixar o picolé com sabor característico e marcante da marca. Não era possível simplesmente pegar o refrigerante e congelar”, ressalta o gerente de marketing da Pardal, Erikson Nascimento.

27 mil unidades vendidas em três dias

O lançamento do picolé aconteceu em Fortaleza, no dia 14 de janeiro, com vendas previstas para iniciar no dia 20 do mesmo mês. No entanto, a alta demanda dos clientes fez com que a Pardal antecipasse a data para o dia 15. Três dias após o início da comercialização, os picolés sabor refrigerante de caju acabaram em oito dos 14 pontos de vendas oficiais da marca, em Fortaleza. Ao todo, 27 mil unidades foram vendidas em apenas três dias.

 

CATEGORIA:

Márcio Silvestre

Márcio Silvestre

Formado pela Universidade Federal do Cariri (UFCA), com experiência em Assessoria de Imprensa e Produção Cultural. "A comunicação e a arte se cruzam no meu caminho. Descobri no jornalismo a oportunidade de contar histórias e compartilhar conhecimento".