Cariri Sustentável

Novos hábitos: evite o desperdício e ajude famílias durante a pandemia

Por Márcio Silvestre • 28 de maio de 2020

A pandemia do coronavírus traz à tona a importância de se praticar a solidariedade. Muitas famílias estão vivendo em situação de vulnerabilidade, o que pode se acentuar nos próximos meses com a crise econômica. Nossa coluna de sustentabilidade dessa semana reforça a necessidade de se reduzir o desperdício de alimentos e praticar a solidariedade, doando para quem precisa.

Pelo menos 30% de todos os alimentos produzidos se perdem ao longo do processo, afirma a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). Os motivos são diversos e vão desde a colheita inapropriada, danos físicos, transporte impróprio, rejeição estética pelo consumidor e na reta final da cadeia de consumo: na mesa.

Em 2018, foi apresentada uma pesquisa sobre hábitos de consumo e desperdício de alimentos no “Seminário Internacional União Europeia – Brasil: Perdas e desperdício de alimentos em cadeias agroalimentares: oportunidades para políticas públicas”. A pesquisa mostrou que 41,6 kg de comida são desperdiçados por pessoa a cada ano, no país. Em proporção, o estudo mostra que cada família brasileira desperdiça, em média, 353 gramas de alimento, o que dá um alarmante total de 128,8 kg de comida que deixam de ser consumida e vai parar no lixo.

UFCA Solidária

Durante a pandemia, uma iniciativa da Universidade Federal do Cariri vem tendo destaque: A campanha UFCA Solidária, que tem como foco doar alimentos não perecíveis para doação a famílias em vulnerabilidade social. A ação já arrecadou mais de uma tonelada de alimentos, desde o início do projeto, que surgiu dentro das ações elencadas pelo Comitê Interno de Enfrentamento à Covid-19 da UFCA.

Os interessados em doar os alimentos podem participar da campanha por meio do whatsApp (88) 3221.9421. Basta salvar o número no smartphone normalmente e conversar com os voluntários da UFCA pelo aplicativo de chamadas. A equipe vai até o endereço do doador para receber os alimentos.

Acabar com a fome e reduzir pela metade o desperdício per capita de alimentos no mundo até 2030, são alguns dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas. Desenvolver campanhas educativas e políticas públicas com foco na reeducação alimentar e a geração e coleta de resíduos é fundamental como alternativa para alcançar essas metas.

Foto destaque: Alimentos doados na primeira etapa da campanha UFCA Solidária ao Instituto Severino Duarte para famílias do João Cabral. (Aretuza Tenorio/UFCA).

Márcio Silvestre

Márcio Silvestre

Formado pela Universidade Federal do Cariri (UFCA), com experiência em Assessoria de Imprensa e Produção Cultural. "A comunicação e a arte se cruzam no meu caminho. Descobri no jornalismo a oportunidade de contar histórias e compartilhar conhecimento".