Arte e Cultura

Formação Musical: Vila da Música está com inscrições abertas até sexta-feira, 24

Por Márcio Silvestre • 22 de janeiro de 2020

A arte nas suas mais variadas linguagens é uma ferramenta fundamental na formação e amadurecimento de emoções e percepções sociais. Estão abertas até sexta-feira, 24, as inscrições para os cursos da Vila da Música – Monsenhor Ágio Augusto Moreira, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, em Crato.

Ter acesso à formação artística acessível e de qualidade é um direito previsto por lei nos artigos 23 e 215 da Constituição Federal. “A gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte”, o famoso trecho da canção “Comida”, lançada em 1987 no álbum Jesus Não Tem Dentes no País dos Banguelas, dos Titãs, amplia a discursão sobre a importância do acesso à arte, dos desejos e necessidades humanas.

 

A linguagem musical sempre esteve presente na cultura humana. Por isso é importante destacar e propagar o acesso à formação artística acessível e de qualidade. Na Vila da Música são ofertados, em 2020, cursos de músicas em diferentes áreas:

  • Cordas: Violino, Viola, Violoncelo, Contrabaixo, Rabeca e Violão;
  • Sopros: Flauta Transversal, Flauta doce, Clarinete, Saxofone Tenor, Saxofone Alto, Trompete e Trombone;
  • Teclas: Piano, Teclado, Acordeon;
  • Percussão: Bateria;
  • Além de Musicalização Infantil, Canto Coral e Teoria Musical.
Inscrições

A matrícula é feita na sede da Vila da Música, Av. José Horácio Pequeno, s/n, distrito de Belmonte, Crato/CE, em horário comercial (8h às 12h e de 14h às 18h). Os interessados devem portar a xerox do RG, CPF, Comprovante de Residência e uma Foto 3×4. No caso de menores de 18 anos, faz-se necessário o acompanhamento de um responsável, com documentação comprobatória.

Outras informações: (88) 3521.4335

Foto Destaque: reprodução facebook Vila da Música Solibel. 
Leia mais:

Inauguração da Vila da Música 

 

CATEGORIA:

Márcio Silvestre

Márcio Silvestre

Formado pela Universidade Federal do Cariri (UFCA), com experiência em Assessoria de Imprensa e Produção Cultural. "A comunicação e a arte se cruzam no meu caminho. Descobri no jornalismo a oportunidade de contar histórias e compartilhar conhecimento".