Arte e Cultura

Conheça Wiarlley Spears; a primeira travesti pós-graduada pela URCA

O ano de 2019 trouxe mais uma vitória na vida de Wiarlley Spears. A atriz cratense, formada em Teatro pela Universidade Regional do Cariri (URCA), tornou-se a primeira travesti pós-graduada/especializada na instituição.
Por Márcio Silvestre • 10 de abril de 2019

Num país onde a batalha diária contra o preconceito, intolerância e LGBTIQfobia impossibilita o acesso e a permanência de pessoas trans na educação, o título de especialista em Educação Infantil conquistado por Wiarlley representa mais que um sonho pessoal, é uma conquista para toda a comunidade LGBTQI+.

De acordo com estudo realizado pela Secretaria de Educação da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais (ABGLT), feito em 2016, 72,6% dos estudantes que não se declaram heterossexuais já foram verbalmente agredidos por causa de sua orientação sexual e 68,0%, devido à sua identidade de gênero.

Wiarlley confessa que desde a infância sentiu na pele o peso do preconceito, olhares maldosos e intolerância, que, muitas vezes, são os principais fatores para evasão escolar das pessoas LGBTQI+. “Não foi fácil, mas apesar de todas as dificuldades eu consegui chegar até aqui. Fiquei muito feliz de ver que, após a repercussão da minha especialização, outras travestis e transexuais entraram em contato comigo e compartilharam suas histórias. Daqui a pouco veremos a primeira transexual formada na Unileão e o primeiro homem trans formado na UFCA. Isso é muito gratificante”, ressalta.

Mais um sonho realizado

O interesse pela educação infantil surgiu durante o curso de Teatro, quando a artista realizou trabalhos voltados ao público infantil. “Após terminar minha graduação surgiu a oportunidade de fazer a especialização. Sempre tive vontade de fazer uma pesquisa voltada à inclusão de crianças com deficiência”.

O que a levou a essa pesquisa foi o amor; Wiarlley tem um irmão com deficiência intelectual. “Minha pesquisa contribuiu para que eu aprendesse mais como funciona as limitações enfrentadas pelo meu irmão. Descobri formas de inclusão, para que eu possa ajudá-lo também”, explica a pesquisadora.

O seu orientador, o professor Dr. Luiz Renato Moura, do Departamento de Teatro do Centro de Artes da Urca, ressalta que a trajetória da jovem como artista e educadora sempre foi fundamentada pela pluralidade. “A Wiarlley sempre foi uma pessoa muito dedicada aos estudos, tive a oportunidade de acompanhá-la desde sua graduação no Curso de Licenciatura em Teatro da URCA. Fui seu professor em algumas disciplinas e participei de sua banca de Conclusão de Curso. Encontrá-la na pós-graduação foi uma grande felicidade, principalmente porque sua pesquisa problematiza uma estratégia de como o Teatro pode contribuir para a formação de crianças com necessidades especiais. Desejo boa sorte na continuidade de sua pesquisa”, comenta.

Ao lado da mãe Wiarlley Spears comemora cada vitória. Foto: Acervo Pessoal.

Após a graduação Wiarlley pretende fazer mestrado em Educação e continuar trabalhando com o público infantil de forma inclusiva. Conheça um pouco mais sobre a trajetória artística de Wiarlley Spears em textos já publicados aqui, na CARIRI Revista.

CRÔNICA/ A primeira delas.
GÊNERO/ Alexandre Nunes entrevista Wiarlley.

CATEGORIA:

Márcio Silvestre

Márcio Silvestre

Formado pela Universidade Federal do Cariri (UFCA), com experiência em Assessoria de Imprensa e Produção Cultural. "A comunicação e a arte se cruzam no meu caminho. Descobri no jornalismo a oportunidade de contar histórias e compartilhar conhecimento".