Arte e Cultura

Ciclo de Reis de Juazeiro do Norte terá início nesta sexta-feira (21) com vasta programação

Intensa programação cultura marca o Ciclo de Reis 2018, em Juazeiro do Norte.
Por Márcio Silvestre • 18 de dezembro de 2018

O Ciclo de Reis de Juazeiro do Norte começa na próxima sexta-feira (21) e a programação do evento acaba de ser divulgada pela Prefeitura do Município. O evento faz parte da cultura popular, em alusão às festividades natalinas que antecedem o Dia de Reis, 06 de janeiro. Grupos e Mestres da tradição popular, como reisados, guerreiros, coco, mamulengo, bacamarteiros, maneiro-paus e lapinhas integram o evento.

Durante os 17 dias de evento, acontecerão mais de 25 apresentações em diversas terreiradas, envolvendo 45 grupos da tradição popular do Município. Neste ano, além das apresentações, os brincantes serão mobilizados para participar de intercâmbios e oficinas para as pessoas que queiram conviver com os mestres da tradição.

Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal

De acordo com as estimativas da Secretaria de Cultura, o Ciclo de Reis beneficiará diretamente cerca de 3 mil pessoas entre artistas, brincantes e trabalhadores da cultura. Ao todo, a Prefeitura de Juazeiro do Norte investirá neste ano mais de R$ 190 mil que serão utilizados para a organização dos terreiros, onde acontecerão as festas.

Programação Ciclo de Reis 2018/2019

Dia 21

Cortejo de Abertura Oficial do Ciclo de Reis – 16h
Saída: Praça Dirceu Figueiredo – Palácio da Prefeitura de Juazeiro do Norte
Finalização: Praça do Cinquentenário – Largo da Fundação Memorial Padre Cícero.

Dia 22

Mestre Antônio Bagaceira – Reisado São Jorge
Rua Manoel Tavares Lopes, 3199 – Frei Damião

Mestre P1 – Reisado Frei Damião
Rua Maria Diva de Carvalho, 12ª – Triângulo

Dia 23

Mestre Dedé – Reisado Santa Helena
Rua Vicente Barbosa de Melo, 1810 – Frei Damião

Mestre Dudu – Reisado Renascer a Tradição
Praça do CC – João Cabral

Dia 25

Auto Natalino “ O Baile do Menino Deus” – Comunidade Zaíla Lavor
Largo do Memorial Padre Cícero
Convidada: Mestra Margarida – Guerreiro Santa Joana D’arc
Largo do Memorial Padre Cícero

Dia 26

Mestre Zezim Cara de Ralo – Reisado Santa Luzia
Rua Antônio Lobo Menezes – José Geraldo da Cruz

Dia 27

Mestra Lúcia – Reisado Estrela Guia
Rua João Conrado Cruz, 263 – João Cabral.

Dia 28

Mestre Mosquito – Reisado Nossa Senhora das Dôres
da Igreja de Nossa Senhora das Candeias – Frei Damião

Mestre Tico Barbosa – Reisado São Francisco
Sítio Popô – Residência do Mestre

Dia 29

Mestre Luiz – Reisado São Luiz
Rua José Bezerra de Menezes, 146 – Vila Nova

Mestre Cosmo – Guerreiro Nossa Senhora Aparecida
Rua Ana Rita de Sousa – Terreno da Igreja João Paulo II

Dia 30

Mestra Flatenara – Reisado Mirim Santo Expedito
Rua 1º de Maio, 27 – Pio XII

Mestre Dodô – Reisado São Francisco
Rua Farias Brito, 480 – Romeirão

01/01/19
Sem Atividade

02/01/19
Mestra Iara – Guerreiro Santa Madalena
Rua Farias Brito, 1251 – João Cabral

03/01/19
Mestra Margarida – Guerreiro Santa Joana D’arc
Núcleo de educação, arte e cultura Marcus Jussier – Pirajá

04/01/19
Mestre Francisco Lourenço – Reisado do CRI
Centro de Referência do Idoso

Mestre Cicinho – Reisado Manoel Messias
Rua 1º de Maio, 27 – Pio XII

05/01/19
Mestre Tarcísio – Reisado São Miguel
Tv. Pio Norões, 29 – João Cabral

Mestre Antônio – Reisado Discípulos de Mestre Pedro
Rua Senhor do Bonfim, 567 – João Cabral

LAPINHAS
Dia 25
Lapinha Santa Clara – Mestra Vanda
Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores, 19h.

Lapinha Menino Jesus – Mestra Touta
Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores, 19h30.

Lapinha Menino Jesus de Praga – Mestra Antônia
Igreja Menino Jesus de Praga, Novo Juazeiro, 19h.

Lapinha Três Reis Magos – Mestra Zefinha
Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro – 19h.

Dia 26
Lapinha Bom Jesus do horto – Mestra Dorinha
Igreja Bom Jesus do Horto, Horto 19h.

CATEGORIA:

Márcio Silvestre

Márcio Silvestre

Formado pela Universidade Federal do Cariri (UFCA), com experiência em Assessoria de Imprensa e Produção Cultural. "A comunicação e a arte se cruzam no meu caminho. Descobri no jornalismo a oportunidade de contar histórias e compartilhar conhecimento".