Arte e Cultura

CCBNB traz ao Cariri o espetáculo “Mulheres de Shakespeare”

Por Márcio Silvestre • 13 de novembro de 2019

O espetáculo Mulheres de Shakespeare, dirigido por Luke Dixon, será estreado no teatro do Centro Cultural Banco do Nordeste (CCBNB), às 19h30, desta quarta-feira, 13. O texto da premiada dramaturga Thelma Guedes é estrelado pelas atrizes Ana Guasque e Suzy Rêgo, que vivenciam troca de experiências, memórias e emoções das personagens femininas do dramturgo inglês, William Shakespeare.

Na trama, duas atrizes se encontram em um teatro para uma reunião de elenco, quando são surpreendidas por um temporal. Enquanto esperam pelo diretor e o restante da equipe, deparam-se com as mulheres de Shakespeare, memórias femininas que perpassam os séculos. E esse encontro faz com que se voltem para si mesmas, revendo e questionando os próprios conflitos.

A peça reúne as personagens femininas de Shakespeare em um mosaico multifacetado e leve, alternando momentos dramáticos com humor, com textos que transitam entre a transgressão, a submissão, a ambição e o amor. Mulheres decididas e autoconfiantes, mulheres submissas, castas, doces, apaixonadas, ousadas, enigmáticas, loucas, santas, trágicas, cômicas, únicas compõem esse painel colorido e cuidadosamente selecionado.

A montagem é baseada em uma extensa pesquisa realizada pela atriz e bailarina Ana Guasque sobre as figuras femininas na obra de William Shakespeare (1564-1616). A encenação surgiu da necessidade de dar voz a essas personagens criadas há cinco séculos, uma época em que as mulheres não possuíam espaço na sociedade e sequer podiam subir ao palco – elas eram interpretadas por homens mais jovens que possuíam a voz mais aguda.

O espetáculo fará apresentações em Juazeiro do Norte, Souza e Fortaleza, através do patrocínio do Banco do Nordeste.

CATEGORIA:

Márcio Silvestre

Márcio Silvestre

Formado pela Universidade Federal do Cariri (UFCA), com experiência em Assessoria de Imprensa e Produção Cultural. "A comunicação e a arte se cruzam no meu caminho. Descobri no jornalismo a oportunidade de contar histórias e compartilhar conhecimento".