Cariri Sustentável

Bio+ da Enactus UFCA ganha prêmio Nufarm Ética e Consciência no Agronegócio

Por Márcio Silvestre • 7 de janeiro de 2019

(Foto: Divulgação UFCA)

 

O programa de extensão Enactus UFCA, composto por estudantes e professores da Universidade Federal do Cariri (UFCA), tem se destacado com projeto Bio+, que fomenta práticas e tecnologias de baixo custo para o plantio de hortaliças e frutas de forma sustentável. No mês de dezembro, o projeto ganhou o segundo lugar no prêmio Nufarm de Ética e Consciência no Agronegócio, realizado em Fortaleza.

O evento tem como objetivo premiar os três projetos, entre todos os times Enactus das universidades do Ceará, mais bem-sucedidos no desenvolvimento da produção agrícola sustentável, associado à assistência ética oferecida aos produtores rurais.

O Bio+, foi criado com o objetivo de promover autonomia econômica e social de comunidades rurais através da produção de alimentos orgânicos. Segundo Brenner Alexandre, vice-presidente do time, o Bio+ possui um Ciclo Vitae, metodologia desenvolvida pela Enactus UFCA para inserir tecnologias sociais em quintais e torná-los produtivos, sendo o ciclo formado por biodigestor, jardim filtrante e minhocário.

O prêmio é resultado do trabalho que vem sendo realizado no Sítio Boa Esperança e no Sítio Espinhaço, em Barbalha. O projeto já beneficiou diretamente 12 famílias, e atualmente, além do ciclo, a Enactus deu início ao turismo ecológico nos sítios beneficiados, possibilitando aos interessados conhecer as tecnologias de perto.

Novos desafios

Além do prêmio Nufarm de Ética e Consciência no Agronegócio, o Bio + foi reconhecido pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), em 2018, como uma das melhores iniciativas do Brasil para o combate à perda e desperdício de alimentos. Segundo o líder do projeto, Felipe Militão, o desafio do Bio+ para 2019 é ser expandido para outras comunidades e cidades, com o intuito de conseguir parcerias para que o projeto seja replicado.

 

Márcio Silvestre

Márcio Silvestre

Formado pela Universidade Federal do Cariri (UFCA), com experiência em Assessoria de Imprensa e Produção Cultural. "A comunicação e a arte se cruzam no meu caminho. Descobri no jornalismo a oportunidade de contar histórias e compartilhar conhecimento".