Cariri Sustentável

Audiência Pública apresenta projeto de parque eólico no Cariri

Por Márcio Silvestre • 7 de novembro de 2019

O projeto do parque de usinas de energia eólica Serra do Mato Energy foi apresentado nesta  quinta-feira (7), às 9 horas, durante audiência pública na Câmara Municipal de Missão Velha. A audiência é uma exigência da legislação para requerer a licença prévia do empreendimento junto à Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace). Durante o encontro, representantes da sociedade, do mercado e de órgãos públicos dos municípios de Porteiras, Missão Velha e Brejo Santo tiveram a oportunidade de tirar dúvidas e fazer sugestões ao projeto.

O parque eólico Serra do Mato pretende produzir energia para fins comerciais, na modalidade produtor independente de energia (PIE). O empreendimento, projetado com 29 aerogeradores, será composto por seis usinas com capacidade total de geração de 121,8 megawatts de energia elétrica. As plantas ocuparão juntas 2,3 hectares dos municípios de Porteiras (4), Missão Velha (1) e Brejo Santo (1). Só depois da audiência, o projeto poderá ser submetido à aprovação do Conselho Estadual do Meio Ambiente (Coema).

“É muito importante que os moradores dos sítios alcançados pelo projeto participem”, informou o diretor de Controle e Proteção Ambiental da Semace, Lincoln Davi, que representará a autarquia na audiência. “As questões levantadas devem ser respondidas no ato e dentro do estudo e do relatório de impacto ambiental exigidos no processo de licenciamento”, completou o diretor.

Localização das usinas

As usinas do parque Serra do Mato deverão ser instaladas nos seguintes sítios:

Porteiras – Guaribas/Pinga, Boa Vista, Malhada Funda, Mingu/Baixa do Tinguir.
Missão Velha – Cajazeiras/Chamurro.
Brejo Santo – Guaribas/Pinga.

*Com informações da Ascom do Governo do Estado.

Foto: Freepik

 

Márcio Silvestre

Márcio Silvestre

Formado pela Universidade Federal do Cariri (UFCA), com experiência em Assessoria de Imprensa e Produção Cultural. "A comunicação e a arte se cruzam no meu caminho. Descobri no jornalismo a oportunidade de contar histórias e compartilhar conhecimento".