Arte e Cultura

Artista visual fala como se reinventou durante a pandemia

O cratense, Wanderson Petrova, fala de como se reinventou durante a pandemia e da importância do apoio da Campanha Compre do Ceará .
Por Márcio Silvestre • 9 de setembro de 2020

A arte inspira, instiga, mobiliza, reflete percepções e situações, causa sensações diversas, atinge vários públicos e segmentos no mundo todo. No Cariri Cearense, o artista visual Wanderson Petrova reflete tudo isso com uma saga artística mundialmente reconhecida através de suas expressivas obras urbanas de grafitagem em muros e estabelecimentos da região caririense.

O artista é um símbolo do potencial dos artistas cearenses para a economia criativa, segmento que movimenta no País mais R$ 171,5 bilhões de reais e gera sustento para 837,2 mil profissionais, segundo o último Mapeamento da Indústria Criativa. Segundo  Petrova, seus quadros como pinturas em tela, em cerâmicas, em paredes residenciais, estilização em camisetas, bolsas e sapatos são produtos elaborados e vendidos para clientes da região caririense, demais regiões do Estado e até de outros estados. O trabalho de Wanderson passa a ser destaque também na Campanha Compre do Ceará que apoia produtores e empresas em diversos segmentos, inclusive cultural.

Wanderson viu sua carreira alcançar projeção internacional em 2015, quando sua arte de grafite em um muro, de cunho poético – motivada por um protesto – foi compartilhada nas redes sociais da icônica cantora pop Madonna. Com a viralização do material, a artista tomou conhecimento passando também a compartilhar a arte de Petrova. Posteriormente, em 2017, o artista cratense recebeu um convite da pop star para grafitar na África, experiência marcante em sua trajetória que até hoje lhe traz boas recordações e registros em seu acervo profissional.

As repercussões incentivadas pelo contato com Madonna foram determinantes para que o artista ganhasse novos seguidores/fãs, proporcionando, inclusive, o aumento de sua rentabilidade com encomendas de quadros feitas no Cariri e outras regiões do país.

Nesse ano, marcado pela pandemia do Corona vírus e de pesarosos fatos, Petrova, que tinha pouco mais de 15mil seguidores em seu Instagram, passou a contabilizar o dobro desse número, ganhando 32mil seguidores em sua rede social. A surpresa da marca é consequência de seu trabalho, que mesmo diante do período atípico continuou, porém, ganhando novas proporções.

Em muros da cidade do Crato, Wanderson grafitou, registrou e homenageou artistas nacionais e internacionais, a exemplo de sua maior ídola, Madonna, que no mês de agosto completou 62 anos tendo diversas manifestações de fãs em todo o mundo, além das cantoras Kylie Minogue, Miley Circlus, Anitta, Jojo Todinho, Solange Almeida, todas elas admiradas por ele pela representatividade de empoderamento feminino. Os astros internacionais Naya Rivera, que foi protagonista da série Glee, e, Chadwick Boseman, que deu representatividade africana ao universo de super-heróis da Marvel, ganharam homenagens póstumas sendo eternizados em obras de Petrova.

Com o compartilhamento massivo de seus seguidores além do compartilhamento de algumas das personalidades homenageadas em suas grafitagens, e da mídia nacional e internacional, Wanderson ficou ainda mais em evidência, fato que intensificou sua projeção como artista, produtividade e demandas. “Como eu produzo muito material no campo da visualidade, acho que dentro desse processo da pandemia as pessoas ficaram muito mais ligadas na relação com o celular e o audiovisual. Essa circunstância motivou buscar informação, entretenimento, e isso tornou alguns produtos e serviços mais visíveis para que artistas e artesãos pudessem se reinventar também. Nesse contexto, meu trabalho ganhou um grande destaque”, revela Petrova.

Durante o isolamento social, o artista enviou obras em quadros e gravuras via correios, para celebridades como Jojo Todinho e o digital influencer Carlinhos Maia, além de pessoas que mantêm relacionamento através da rede social.

“A campanha Compre do Ceará chega em boa hora, para valorizar trabalhos como o meu, e de demais artistas e artesãos, reforçando e dando destaque a produtos do nosso Estado. É uma corrente do bem que precisamos para continuar mantendo a cadeia produtiva circulando e gerando demandas, como encomendas dos meus produtos, e tudo isso a fim de mobilizar a economia de nossa região”, destaca Wanderson.

Sobre a Campanha   

Sob o slogan “Movimente a Economia. Compre do Ceará, Compre da sua Gente”, o setor produtivo do Estado se unifica na iniciativa de motivar consumidores e toda a sociedade para, no ato da compra, preferir produtos e serviços das empresas locais. A campanha agrega instituições representativas de todos os setores produtivos: Indústria, Comércio, Turismo, Serviços, setor Agrícola e de Transportes, pequenos e médios empresários (FIEC, FECOMÉRCIO, SEBRAE e FAEC FETRANS). Com o propósito de sensibilizar consumidores a priorizar a escolha por produtos feitos no Ceará, a campanha objetiva o apoio às empresas locais, abertura de novos negócios, além da manutenção e geração de empregos e o fortalecimento da economia, por meio do consumo consciente, valorizando o que é produzido, vendido e transportado dentro do Ceará.

* Com Ascom/ Fotos: Divulgação

CATEGORIA:

Márcio Silvestre

Márcio Silvestre

Formado pela Universidade Federal do Cariri (UFCA), com experiência em Assessoria de Imprensa e Produção Cultural. "A comunicação e a arte se cruzam no meu caminho. Descobri no jornalismo a oportunidade de contar histórias e compartilhar conhecimento".