Cariri Sustentável 0

Série de vídeos mostra como a vida do sertanejo mudou nas últimas décadas

Aproximando cidade e campo e revelando com sensibilidade a relação íntima do agricultor familiar com sua terra, o documentário ConViver, lançado em dezembro de 2017 pela Articulação Semiárido Brasileiro apresenta a realidade de transformação da região semiárida nas últimas décadas a partir da implementação de tecnologias sociais de convivência com a estiagem.

A imagem da região semiárida brasileira mudou muito do final da década de 1990 para os dias atuais. Deixou de ser um local de miséria e passou a ser visto como um lugar de possibilidades. Pobreza, fome e morte, castigos da seca, aos poucos se transformam em bem-viver e bem-estar para muitas das aproximadamente 22 milhões de pessoas que vivem na região semiárida, correspondente a quase 90% da área total do Nordeste e parte de Minas Gerais.

Grande parte dessa mudança se deve ao incansável trabalho de centenas de grupos e organizações integrantes da Articulação Semiárido Brasileiro (ASA) comprometidas com a “convivência com o semiárido”, que lançou em dezembro de 2017 uma série de vídeos, incluindo o documentário ConViver, onde contam a história de resistência e resiliência de pequenos agricultores e suas famílias que melhoraram suas vidas a partir de estratégias de desenvolvimento baseadas na solidariedade e respeito ao meio ambiente e suas limitações.

Veja o teaser e os vídeos na íntegra logo abaixo:

 

NOVA REALIDADE DO SEMIÁRIDO

Aproximando cidade e campo e revelando com sensibilidade a relação íntima do agricultor familiar com sua terra, os três vídeos, ConViver, Donas do Mundo e Tecnologias para o Bem-Viver, registram a nova realidade de autonomia e organização social das comunidades trabalhadas.

As filmagens aconteceram em nas regiões do Cariri cearense (Crato), Araripe pernambucano (Araripina, Ouricuri, Santa Filomena), Vale do Rio Guaribas no Piauí (Picos, Ipiranga do Piauí) e submédio São Francisco (Uauá). Toda a produção contou com apoio financeiro do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e do Governo Federal.

“A proposta era mostrar a relação dessas pessoas com a água, a semente e a terra, que fortalece a resistência destas famílias agricultoras e possibilitam a produção agroecológica. O uso racional da água, a criação de animais; o beneficiamento de alimentos, acesso a mercados e o estoque de sementes são alguns temas bastante presentes no documentário porque fazem parte do modo de vida das famílias rurais do Semiárido”, relata a equipe de comunicação da ASA Brasil.

 

Equipe de reportagem entrevista Dona Ana, agricultura, no Assentamento 10 de Abril, em Crato.

 

Veja os documentários na íntegra:

Documentário ConViver

 

 

Documentário ConViver

Sugestões de Leitura