Arte e Cultura

Juazeiro do Norte recebe exposições de releituras da Monalisa

Por Márcio Silvestre • 8 de novembro de 2018

A clássica obra de Leonardo da Vinci, Monalisa, foi a inspiração que levou a Colecionadora fortalezense, Veridiana Brasileiro, a dedicar dez anos de sua vida em colecionar releituras da pintura renascentista. Dentro da programação do Seminário Repensando a Fundação Memorial Padre Cícero, a Colecionadora trouxe, pela primeira vez ao Cariri, duas de suas exposições.

Intituladas “Novos olhares para Monalisa” e “Monalisa entre o Pop e o Contemporâneo”, as exposições já estão em cartaz em Juazeiro do Norte, no Memorial Padre Cícero (até o final da Romaria das Candeias) e no Centro Cultural Banco do Nordeste (até o mês de dezembro), respectivamente. Uma delas apresenta releituras da obra numa vertente mais regional, grande parte das telas são de pintores cearenses, com traços e elementos da cultura nordestina, a outra reúne releituras com elementos pop, contemporâneo e arte urbana, criadas por pintores nacionais e internacionais.

O Artista Franzé Chaves (Barrinha) e a Colecionadora Veridia Brasileiro posam ao lado das obras de Barrinha (fotos: Márcio Silvestre)

“Desde a infância sempre busquei novas marcas, a escolha de Monalisa foi bem natural, pois é a obra que mais tem releituras no mundo.  O interesse em colecionar as releituras da obra, surgiu após uma viagem à França, quando visitei o museu do Louvre e conheci a Monalisa de Da Vinci. Voltei ao Brasil com oito releituras”, relembra Veridiana sobre o início da coleção, que hoje conta com quase 300 obras.

Márcio Silvestre

 

A pintora Andréa Dall’Olio, é uma das artistas com obras na exposição, dentre elas está a iconografia de Monalisa, onde a pintora apresenta uma releitura sem traços na composição do rosto e do corpo, como forma de mostrar a força semiótica da imagem de Monalisa.

Veridiano Brasileiro e Andréa Dall’Olio ao lado da obra ” Iconografia de Monalisa” (foto: Márcio Silvestre)

“Participar deste projeto é algo emocionante. Para mim foi uma honra receber a provocação artística da Veridiana, pedindo que eu fizesse obras com características pessoais que retratassem a pintura mais famosa do mundo”, afirma a artista, que também participará da CowParade 2018, em Fortaleza a partir do dia 09 de novembro.

 

CATEGORIA:

Márcio Silvestre

Formado pela Universidade Federal do Cariri (UFCA), com experiência em Assessoria de Imprensa e Produção Cultural. "A comunicação e a arte se cruzam no meu caminho. Descobri no jornalismo a oportunidade de contar histórias e compartilhar conhecimento".