Arte e Cultura

Evento celebra 20 anos de Danças dos Povos no Cariri

Nos dias 22 e 23 de junho, Juazeiro do Norte recebe uma programação dedicada as Danças Circulares, também conhecidas como Danças dos Povos. Palestras, workshops, apresentações culturais e, claro, muita dança ao longo do fim de semana. O evento tem atividades pagam e gratuitas. Danças Circulares é título dado ao trabalho ímpar de um movimento que vem Saiba mais

Por Redação Cariri • 14 de junho de 2018

Nos dias 22 e 23 de junho, Juazeiro do Norte recebe uma programação dedicada as Danças Circulares, também conhecidas como Danças dos Povos. Palestras, workshops, apresentações culturais e, claro, muita dança ao longo do fim de semana. O evento tem atividades pagam e gratuitas.

Danças Circulares é título dado ao trabalho ímpar de um movimento que vem se espalhando com muita força ao redor do mundo. O principal enfoque é o sentimento de união de grupo, uma comunidade.

Este movimento nasceu com o coreógrafo alemão/polonês Bernhard Wosien quando, em 1976, visitou a Comunidade de Findhorn, no norte da Escócia e pode ensinar, pela primeira vez, uma coletânea de Danças Folclóricas para os residentes.

Atualmente relaciona-se o movimento com educação, psicologia, cultura e autocuidado.

Em 2018, completam-se 20 anos desde a primeira ação deste movimento no Ceará. Em 1998, as Danças Circulares Sagradas chegaram a cidade de Fortaleza e na região do Cariri através da arte-educadora e focalizadora Sandra Albano que realizou vários eventos divulgando-as em diversos segmentos educacionais, saúde e desenvolvimento pessoal.

Rendeu até livro, lançado na Reitoria da Universidade Federal do Ceará, com o apoio do SESC Ceará, batizado de “Danças Circulares Sagradas: Uma Proposta em Educação e Cura organizado”, escrito por Renata Ramos.

Saiba mais aqui.

 

(Foto: Divulgação)

 

Confira:

Sexta, 22

Abertura oficial: Danças Circulares Sagradas – Poema de Íria Bandeira.

Exibição do vídeo: Danças Circulares Sagradas no Ceará 20 anos – Sandra Albano.

Palestra: Dança Circular, uma prática integrativa – Convidada Especial – Renata Ramos

Homenagem aos Focalizadores e Colaboradores do Movimento Danças Circulares Sagradas no Ceará

Tradição Kariri – Toré – Dança Indígena Sagrada Fulniô (índios do tronco étnico Kariri) conduzido por Luiz
Eduardo Araújo

Apresentação do Côco de Roda Frei Damião – Mestra Marinez Pereira

Baile Circular aberto ao público com a participação de Focalizadores em Danças Circulares Sagradas

 

Sábado, 23

08:30 – 11:30 – Workshop de Danças Circulares Sagradas com Renata Ramos (evento pago)

14:30 – 17:30 – Partilhas de Experiências
Tema: Danças Circulares Sagradas como ferramenta de integração, e sua aplicabilidade nas áreas de Educação, saúde e Desenvolvimento de Pessoas

Temas:

Danças Circulares Sagradas: Uma Vivência na Educação Infantil (Caroline Barros Lima)

Dança Circular: Integração entre corpo e mente para o auto-cuidado na atenção à saúde da mulher (Sandra Nyedja Lacerda Matos)

O Poder Curativo da Roda, Arquétipos e a Conexão com o Self em um Grupo de Mulheres (Ana Claudia Magalhães Dutra)

O Feminino nas Danças Circulares (Márcia Abreu)

 

SERVIÇO

Danças Circulares Sagradas no Ceará -20 anos
Dias – 22 e 23 de Junho/2018
Teatro Marquise Branca – Juazeiro do Norte-CE
REALIZAÇÃO: ESPAÇO ANANDA
INFORMAÇÕES: (88) 996.092921 (Sandra)
(88) 996.657976 (Alana)

CATEGORIA:

Redação Cariri