Arte e Cultura, Reportagens 0

Equipe CRAS do Horto está filmando um documentário sobre Estatuto da Criança e do Adolescente

Começaram as gravações do filme ‘Quer ir mais eu vamo, quer ir mais eu vambora’, produzido pela equipe técnica do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Horto e que homenageia o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). O projeto será utilizado na conquista do Selo Unicef, uma luta empreendida em Juazeiro do Norte desde o início da gestão pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (Sedest).

O intuito é prevenir e promover a divulgação e efetivação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que completou 28 anos de trabalho em defesa da ideia de que crianças e adolescentes são também sujeitos de direitos e merecem acesso à cidadania e proteção. Através do despertar de talentos para o empoderamento e autonomia artística, os protagonistas são as próprias crianças e adolescentes usuários dos CRAS.  “Eles estão participando ativamente, contribuindo em todo o processo”, afirmou o pedagogo do CRAS Horto e idealizador do projeto, Lucion Caeira.

Uma das cenas emblemáticas que irá compor o longa foi gravada na manhã desta sexta-feira, 27, aos pés da estátua do Padre Cícero, na Colina do Horto, com representantes de todos os equipamentos socioassistenciais da Sedest e grupos de tradição de Juazeiro do Norte, como reisado, lapinha, entre outros.

Sugestões de Leitura