Cariri Sustentável 0

Em Crato, jovens estudantes dão exemplo de consciência alimentar e sustentabilidade

Na última sexta-feira, 26, a escola cratense de Educação Infantil e Ensino Fundamental José do Vale Arraes Feitosa, no bairro Barro Branco, comemorou a meta de quase zero por cento de desperdício de alimentos na merenda escolar. Essa vitória se deve ao incessante trabalho dos alunos e alunas, em parceria com pais, professores e demais trabalhadores da educação municipal em envolver a escola em práticas sustentáveis.

Em várias frentes de atuação, a José do Vale é uma das 10 escolas de 65 unidades do município a trabalhar a sustentabilidade com tamanho envolvimento e protagonismo das crianças e tudo começou com um projeto de matemática iniciado em 2013, ampliado e desenvolvido em 2014 com os alunos, de três a 11 anos, atuando em uma Comissão de Qualidade de Vida.

.

Ao fim do intervalo, os alunos atualizam o placar de classificação do nível de desperdício do turno (manhã, tarde ou noite) utilizando emojis como reações.

.

A observação feita pelos jovens estudantes de que o desperdício de alimentos estava chegando aos 5kg de alimento por dia – sim, eles mesmos atentaram e pesaram as sobras, com ajuda dos adultos – levou as merendeiras, a nutricionista e o Conselho de Alimentação Escolar a reavaliarem o cardápio da merenda, excluindo os itens mais rejeitados e adicionando novas opções para cada grupo etário, respeitando ordens nutricionais.

“Nosso receio era que o projeto não fosse para frente pela pouca idade das crianças, mas felizmente nos surpreendemos pois eles estão fazendo, e fazem bonito. O protagonismo infantil predomina na escola”, analisa o diretor Cláudio Gregório, que visualiza o projeto como modelo para outras unidades de educação do município cratense – e quem sabe, do estado.

.

Estudantes de 10 a 11 anos participam ativamente da horta e do projeto Desperdício Zero. Da esquerda para a direita: Tamy Angel, Maria Clara, Mariane, Luan, Camila, Mariana e Letícia.

.

“Melhorou nossa merenda e diminuiu o tamanho do desperdício de comida, que era feio”, relata Camila, uma das estudantes atuantes, afirmando, ainda que passou a comer mais verduras, legumes e vegetais em casa.

E tem mais! Com ajuda de professores e estudantes da faculdade de Agronomia, da Universidade Federal do Cariri, essas mesmas crianças começaram uma horta no quintal da escola, de onde saem hortaliças e temperos, como cebolinha, coentro, chuchu, alface, pimentão e tomate, para o preparo das refeições.

Atitude mais que aprovada pela nutricionista responsável pelo cardápio escolar. “O envolvimento deles com a horta, leva a uma aproximação também com os legumes e vegetais disponíveis no refeitório e em suas próprias casas. Quando uma criança vê o colega comendo uma fruta, por exemplo, ele tem mais chances de se interessar por aquilo também”, comenta a nutricionista Germana Oliveira.

.

.

Outra atividade sustentável desenvolvida é a coleta seletiva do lixo, onde as crianças e os professores são incentivados a recolher e trazer de casa produtos inutilizáveis que possam ser reaproveitados, como garrafas pet, latinhas de refrigerante, caixas de leite, papéis, papelão etc. No fim da semana, agentes de reciclagem do município, parceiros no projeto, passam para recolher o material acumulado.

Cada aluno ou aluna que ajuda na coleta seletiva ganha como recompensa uma quantidade de moedas sustentáveis que só valem dentro da escola. Em outubro, a moeda passa a valer no Dia da Criança, quando a escola oferece uma festa com direito a parque de diversão e brinquedos que podem ser trocados pelas moedas sustentáveis. “A proposta é que os alunos sejam multiplicadores dessa ideia e levem até suas casas o hábito da alimentação saudável e a consciência sustentável”, explica o diretor Cláudio.

.

Toda semana, agentes de reciclagem recolhem o montante coletado pelos estudantes e levam para reciclagem.

.

Para os próximos meses, a escola espera estar trabalhando também com a compostagem das sobras de comida, para adubar organicamente a horta, e ainda um jardim todo organizado pelos alunos.

.

Equipe Desperdício Zero

Sugestões de Leitura